Cine PE 2018 | Alegria da homenageada Cássia Kis contagiou o segundo dia do Festival

Com o Cinema São Luiz lotado, Cássia Kis recebeu a homenagem das mãos do ator Gabriel Leone. (📷 Felipe Souto Maior / Divulgação)

A noite desta sexta-feira, 01 de junho, foi marcada pela segunda noite de exibições do Cine PE – Festival do Audiovisual, marcada por muita emoção e boas doses de risadas. As primeiras produções da noite contou com o documentário em curta-metragem Uma Balada para Rocky Lane, dirigido por Djalma Galindo, arrancou gargalhadas e foi ovacionado pelo público. O filme conta a história de José Leite Duarte, que assumiu a identidade de um famoso ator dos faroestes norte-americanos, passando a se vestir como o cowboy e a se envolver em duelos imaginários com as crianças nas ruas de Arcoverde, no sertão de Pernambuco. O encontro ainda contou com a exibição de outros três curtas-metragens: Teodora Quer Dançar (MT), uma lenda urbana local. O poético Balanceia (RO) e o também engraçado e crítico Banco Brecht (PE) também arrancaram elogios nos corredores do grande Cinema São Luiz.


O momento principal da noite, no entanto, foi a homenagem à atriz Cássia Kis, que recebeu a honraria máxima do evento, o “Troféu Calunga de Ouro”. Surpreendida pela produção do festival, Kis ficou emocionada ao descobrir que receberia o prêmio das mãos do ator Gabriel Leone, que interpretou seu filho na novela global das 23h Os Dias Eram Assim. “Desde antes de eu pensar em fazer teatro, de ter qualquer relação com a arte, eu te admirava. Quando eu te conheci, esse sentimento extrapolou, não só artisticamente falando, mas como pessoa… você também é como uma mãe aqui fora”. Discursou Leone. Já Kis discursou: “Esse presente que eu recebi agora, esse carinho e cheiro. Estou muito feliz com essa noite. Eu tenho dificuldade em receber carinho. Agradeço muito“.

Público geral, jornalistas e presenças VIPs, aguardam a abertura do segundo dia. (📷 Felipe Souto Maior / Divulgação)


A segunda noite foi encerrada com as exibições dos longas-metragens cariocas Christabel, de Alex Levy-Heller e Os Príncipes, de Luiz Rosemberg Filho,. Os filmes integram a “Mostra Competitiva de Longas-Metragens” e contaram com os integrantes do elenco e produção.

Confira a programação deste sábado, 02 de junho de 2018:

SEMINÁRIOS

Hora: 14:00 h Local: Hotel Nobile Suites Executive – Boa Viagem

Acesso: Inscrição prévia e gratuita no portal Sympla

Workshop de Ilustração Digital aplicada ao Ambiente Cinematográfico

Ministrado: Prof. Erick Frantto

MOSTRAS DE FILMES DO CINE PE 2018

Hora: 19:30 h Local: Cine São Luiz

Acesso: Gratuito com retirada antecipada de ingresso

LANÇAMENTO LIVRO: HISTÓRIAS DO CINEMA DE ANIMAÇÃO EM PERNAMBUCO

Autor: Marcos Buccini

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS PERNAMBUCANOS

(MOSTRA PE)

  • Cara de Rato (PE), Ficção, Direção: Benedito Serafim, 20’

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS NACIONAIS

(MOSTRA CURTA BRASIL)

  • Plantae (RJ), Animação, Direção: Guilherme Gehr, 10’
  • Através de Ti (RS), Ficção, Direção: Diego Tafarel, 16’
  • Vidas Cinzas (RJ), Documentário, Direção: Leonardo Martinelli, 15’

INTERVALO

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS-METRAGENS

  • Marcha Cega (SP), Documentário, Direção: Gabriel Di Giacomo, 88’
  • Dias Vazios (GO), Ficção, Direção: Robney Bruno Almeida, 104

Etiquetas: , , , , , , , , ,


Alyson Fonseca

É um grande e verdadeiro apreciador da sétima arte.

© 2018 Cinerama Clube.

Todos os direitos reservados.

CONTATO | ANUNCIE

Developed By: Vedrak Devs

"O cinema é um modo divino de contar a vida"